Beba com responsabilidade e se beber não dirija.

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

52 - ESTRELLA DAMM


Cerveja: ESTRELLA DAMM
Cervejaria: C.C. DAMM
Estilo: Lager Beer
Teor Alcoólico: 4,6%
Local de origem: Barcelona, Espanha.
Degustada: 29/10/2011

A ESTRELLA DAMM é uma típica cerveja de baixa fermentação (lager) tão bem conhecida por nós brasileiros, eis que pouco difere das nossas cervejas tradicionais, porém devemos compará-la as nossas cervejas premium.

Realmente é uma cerveja de alta drinkability, ou seja, uma cerveja fácil de tomar e que se bebe em generosa quantidade.

A ESTRELLA DAMM é elaborada, como as nossas brasileiras, com adjuntos não maltados, mais especificamente arroz e milho, assim seus ingredientes são: água, malte de cevada, arroz, milho e lúpulo.

Como dito é uma cerveja leve com gosto adocicado, praticamente sem amargor e dito paladar adocicado permanece vivo no retrogosto. Aroma muito leve de malte.

Cerveja de coloração dourado palha (apagado), com espuma branca, cremosa e duradoura. Cerveja de média carbonatação.

O bom dessa cerveja, e da cervejaria que a produz, é sua clareza de informações, eis que a mesma não se intitula cerveja do estilo Pilsen, deixando bem claro, em sua tampa, que é uma cerveja do estilo Lager Beer Premium, diferentemente de muitas das nossas cervejas nacionais.

No geral é uma cerveja muito boa e que deve ser experimentada pelos amantes de cerveja. Copo ideal para degustação: Lager e Pilsner.
Copo Lager
Copo Pilsner

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

51 - SURGE UMA NOVA CERVEJARIA EM ERECHIM/RS

Leitores do Blog Cervejas Especiais dia 07/01/2012 fui convidado por alguns amigos da cidade de Erechim/RS para auxiliá-los na primeira brassagem da equipe.

Muito feliz pelo convite recorri ao meu amigo Thomás Fabris (cervejeiro caseiro com mais horas de produção cervejeira ... hehehe) e rumamos para a Erechim para repassar algumas dicas sobre produção de cerveja caseira.

Ao chegarmos lá fomos recepcionados pela turma de novos cervejeiros caseiros, que em poucos minutos já estavam organizando um belo churrasco para acompanhar a brassagem que iniciava as 9:00 hs e se estenderia até o final da tarde daquele sábado.
Adicionando o malte

Iniciamos a explicação desde a moagem do malte até o engarrafamento da cerveja que ocorrerá em breve.... e o mais importante é que a turma estava muito empolgada e interessada no que lhes era repassado.

Naquele dia realizamos a brassagem de uma American Pale Ale .... a primeira cerveja de muitas que ainda virão.

Preparando a filtragem do mosto

Realizando a filtragem e recirculação do mosto


E assim surgia a mais nova cervejaria do Alto Uruguai gaúcho .... “NOSSA MARCA” é o nome da cerveja.... a Ambev que se cuide.... segundo informações na segunda feira (09/01/2012) as ações da gigante brasileira já haviam despencado no mercado de valores em decorrência do surgimento da “NOSSA MARCA”... hehehehe.

Início da fervura e a retirada da camada de proteínas

Adição do lúpulo Cascade

Fervura do lúpulo

Início do resfriamento com chiller

Adição do fermento US - 05

Segue a relação de sócios da cervejaria NOSSA MARCA: Laurindo Lucion, Luciano Faggion, Leandro Bacêdo, Enio Kalinoski, Lori Dei Agnoli, Rafael Dei Agnoli, Pedro Froza, Fabrício Lucion e Leonardo Pavan.

Sócios da NOSSA MARCA juntamente com os "professores" getulienses

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

50- ATUALIZAÇÃO DA 1ª BRASSAGEM (APA)

Prezados amigos, seguem mais alguns dados sobre a minha primeira cerveja a AMERICAN PALE ALE:

FERMENTAÇÃO:

- A fermentação foi realizada com fermento US-05 (fermento ale) entre os dias 28/12/2011 até o dia 05/01/2012, em temperatura controlada de 16º a 20º C.

- A OG (densidade inicial, antes do início da fermentação) da cerveja foi de 1.055, chegando a atingir a FG (densidade final, após a fermentação) de 1.020, gerando uma atenuação de 62,4%, o que garantiu uma graduação alcoólica de 4,6% para esta cerveja.

MATURAÇÃO

- Após medir a densidade no sétimo e oitavo dia de fermentação percebi que o fermento tinha parado de trabalhar pondo final a esta fase, dando início à maturação da cerveja.

- No dia 05/01/2012 expurguei o fermento que havia sedimentado no fundo do fermentador cônico e reduzi a temperatura da geladeira para a faixa de 6,5º a 8,5º C. 

- A fase de maturação se deu do dia 05/01/2012 até 13/01/2012.

PRIMING E ENVASE

- No dia 13/01/2012 realizei a adição do priming (calda de açúcar) na cerveja para que a mesma refermentasse na garrafa gerando a carbonatação necessária deixá-la pronta para beber.

- A leva final da cerveja rendeu 18 litros, logo o Priming foi realizado com 121 g de açúcar, o que garantirá uma média carbonatação a American Pale Ale.

- A adição do açúcar para o Priming garantirá uma aumento de 0,2% no teor alcoólico da APA, que atingirá uma ABV (medida de álcool) 4,8%.

- As garrafas foram todas lavadas e escovadas uma a uma e depois sanitizadas com iodofor, na proporção de 1 ml por 1 litro de água.
Garrafas secando após a sanitização
Sanitização dos equipamentos com iodo
Sanitizando o manômetro










- Transferi a cerveja do fermentador cônico para um balde alimentício com torneira para fazer o envase das garrafas, evitando o engarrafamento de qualquer sedimento que tenha se formado dentro do fermentador.












- Foram engarrafadas 29 garrafas caçulas (600 ml) e uma long neck com manômetro acoplado que servirá de garrafa piloto para saber a correta pressão interior nas garrafas.
Realizando o envase
Tubo de envase ao tocar o fundo da garrafa libera a cerveja

- As tampinhas forma sanitizadas com álcool 70%.



Tampando as garrafas












- A refermentação da cerveja nas garrafas, através do priming, durará aproximadamente 10 dias.... aí será a o dia da prova..... vamos ver se ficou boa ou não.