Beba com responsabilidade e se beber não dirija.

terça-feira, 15 de maio de 2012

59 - CERVEJA ARTESANAL PORTER - Thomás Fabris


No dia 05/04 tive a oportunidade de experimentar mais uma cerveja caseira criada pelo meu amigo e conterrâneo Thomás Fabris, desta vez foi uma cerveja do estilo Porter, aliás um dos estilos que mais gosto.


O estilo de cerveja Porter tem como características a sua coloração escura (da cor preta) e possui marcantes aromas e sabores de café e malte torrado, dando um amargor diferenciado para essa bebida.

A cerveja Porter criada pelo homebrewer Thomás foi feita somente com maltes de cevada, lúpulos, água e levedura, ou seja, uma cerveja de acordo com a Lei de Pureza Alemã, que por conta disso não levou adjunto algum para auxiliar no sabor de café.


A utilização de grãos de malte de cevada com alta torrefação garantiu a essa cerveja um agradável aroma de café, aroma esse bem sutil, lembrando um típico cafezinho passado. Em relação ao gosto, como poderia se esperar, destacou-se, também, o sabor marcante do café, misturado com um leve toque de amargor do lúpulo Magnum. Sabor esse que permanece na boca por um longo período.

Em relação à espuma, basta olhar para a foto para ver que a mesma ficou com a cremosidade esperada para o estilo, com coloração marrom claro e de duração prolongada.


Realmente outra grande cerveja que pude provar. Como disse no início da postagem sou fã desse estilo de cerveja, por isso já tomei várias cervejas Porter e posso dizer que esta cerveja, do meu amigo Thomás, nada perde em relação as várias Porters que já tive a oportunidade de apreciar.

Aliás não sou o único a parabeniza-lo por essa cerveja, outra pessoa assim o fez (e olha que esse sim entende de cerveja e é expert no assunto), me refiro ao Mestre Cervejeiro Miguel A. Negretto (profissional de renome com passagem por várias grandes cervejarias entre elas: Serramalte e Schincariol, atualmente com sua própria cervejaria artesanal a 3 Mestres), o qual simplesmente disse: “Está ótima para o tipo”, parabenizando o cervejeiro artesanal Thomás Fabris (e precisa mais???).

Na ocasião que experimentei essa cerveja Porter aproveitei para harmoniza-la com um belo pedaço de granito (para quem não conhece olha a foto... é um pedaço da ponta de peito do gado) .... e já digo aos desavisados ... não é gordura ... é granito!!!

Harmonização com granito

Isso não é invenção minha... vários sommeliers de cerveja indicam a harmonização de cerveja estilo Porter com carnes vermelhas. Outra dica é harmoniza-la com sobremesas a base de chocolate ou café


Um comentário:

  1. Ótimo post, parabéns!
    A cerveja ficou bem bonita mesmo!

    ResponderExcluir